Conselho Bárdico

Grande Bardo da Lvsitânea - Sebastião Antunes

Grande Bardo.jpg

/¡\ Adgatia Vatos

/¡\ Adgatia.jpg

Sebastião Manuel Duarte Antunes é guitarrista, compositor, letrista e intérprete luso que tem cultivado ao longo da sua vida artística a fusão entre a música tradicional portuguesa e a céltica. Neste sentido, foi reconhecido pelo Conselho Druídico da Assembleia da Tradição Druídica Lusitana pelo valor da sua dedicação, do seu compromisso e do seu labor ao longo destes anos em torno da música Tradicional Céltica Lusitana.

A sonoridade da sua música, bela, aparentemente simples na real complexidade das suas formas, acessível a todos e contagiante remete para as antigas tradições bárdicas dos contadores de histórias que, nas comunidades celtas de antanho, se reuniam à volta das fogueiras e das lareiras, ou nas grandes celebrações populares, cantando e dançando e partilhando mitos, contos, cantos e lendas, atualizando e passando, desse modo, de forma lúdica, despretensiosa, mas não obstante, sempre sapiencial, a tradição a todos os membros da tribo. Nas suas letras contadas, cantadas, revividas escutamos as vozes dos povos do mar e das suas crenças, aventuras e desventuras, vemos as danças das moças nos terreiros e os seus cantos, revivemos as sortes deitadas à Lua, ouvimos o crepitar dos lumes e sentimos os sons e os cheiros encantatórios das noites, tanto nevoentas e invernosas, como quentes, luminosas e festivas. Todo um universo musical que reflecte o apelo da alma lusitana e celta unidas – um apelo vindo das entranhas da Terra e das funduras do Mar - numa saudade sem tempo, tão saudosa do passado como de um futuro que se festeja na cadência de cada refrão e de cada rima.

A Druida /¡\ Adgatia Vatos assume lugar no Conselho Bárdico como representante do Conselho Druídico, estabelecendo-se neste órgão face ao seu percurso académico e profissional, com formação em poesia, aliado ao seu caminho enquanto  Bardo da Tradição Primordial.